Oferta!

Apostila Para Concurso UFSC-Universidade Federal de Santa Catarina

R$24,90

Entrega em 12 horas úteis! Apostila para concurso UFSC-Universidade Federal de Santa Catarina, Apostilas, exercícios, dicas, e manuais. Tudo o que precisa para passar no concurso da UFSC-Universidade Federal de Santa Catarina em um só pacote de apostilas. Essencial para quem quer passar bem classificado no concurso UFSC-Universidade Federal de Santa Catarina e conquistar sua vaga no funcionalismo público. Para ver todo o material incluso nesse pacote de apostilas veja a descrição do produto logo abaixo e aproveite a promoção por tempo limitado.

Promoção com 65% acaba em:

Descrição

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) torna público o edital nº 136/2018/DDP referente ao seu concurso público que irá preencher 66 vagas em cargos técnico-administrativo em educação. As oportunidades do concurso UFSC são para profissionais de nível médio, técnico e superior e distribuídas entre os Câmpus de Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville.

Vagas

  • Campus Universitário Reitor João David Ferreira Lima – Florianópolis: Administrador, Arqueólogo, Assistente Social, Auditor, Bibliotecário Documentalista, Contador, Diretor de Produção, Farmacêutico, Jornalista, Médico do Trabalho, Assistente em Administração, Técnico de Laboratório – Física, Técnico de Tecnologia da Informação, Técnico em Agrimensura, Técnico em Mecânica, Técnico em Restauração, Técnico em Segurança do Trabalho e Técnico em Som;
  • Centro de Araranguá: Administrador, Assistente Social, Assistente em Administração e Técnico de Tecnologia da Informação;
  • Centro de Blumenau: Matemático, Assistente em Administração, Técnico de Laboratório – Física, Técnico de Tecnologia da Informação e Técnico em Segurança do Trabalho;
  •  Centro de Curitibanos: Assistente em Administração, Técnico de Laboratório – Biologia, Técnico de Tecnologia da Informação e Técnico em Agrimensura;
  • Centro de Joinville: Assistente em Administração e Técnico de Tecnologia da Informação.

A jornada de trabalho semanal é de 20 horas para Médico, de 25 horas para Jornalista, de 30 horas para Assistente Social e de 40 horas para os demais cargos.

A remuneração total será de R$ 2.904,96 para os cargos de nível médio e técnico (nível de classificação D) e de R$ 4.638,66 para os cargos de nível superior (nível de classificação E). A estes valores já está incluso o auxílio alimentação, no valor de R$ 458,00.

Inscrições

As inscrições serão realizadas entre os dias 21 de dezembro de 2018 e 28 de janeiro de 2019, apenas via internet, através do endereço eletrônico http://1362018ddp.concursos.ufsc.br/.

O valor da taxa de inscrição será de:

  • R$ 125,37 para os cargos de nível de classificação E (nível superior);
  • R$ 78,49 para os cargos de nível de classificação D (nível médio e técnico).

Poderão solicitar a isenção da taxa de inscrição os candidatos doadores de medula óssea e os que forem membros de família de baixa renda, desde que inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Provas

O concurso UFSC será composto apenas por prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório. Esta prova será realizada na data provável de 24 de fevereiro de 2019, das 14 às 18 horas, nos municípios de Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville. Os candidatos poderão entregar o caderno de questões somente após duas horas de seu início.

A prova objetiva valerá 100 pontos e será composta por 50 questões, todas elas com o mesmo peso, valendo 2 pontos cada. Serão 15 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Conhecimentos Gerais e 25 questões de Conhecimentos Específicos.

Serão aprovados os candidatos que acertarem, no mínimo, 30 questões em toda a prova, 7 questões de Língua Portuguesa e 13 questões de Conhecimentos Específicos.

Dicas para as provas do concurso UFSC: Orçamento e finanças públicas

orçamento público é um instrumento utilizado pelo governo para gerir os recursos financeiros provenientes das receitas totais arrecadadas. É com ele que o governo controla o que entra e o que sai dos cofres públicos, quais as origens das verbas e para quais fins serão destinadas.

O orçamento estima a receita e fixa a despesa do determinado ano referente a ele, ou seja, o ano de exercício da peça orçamentária.

A gerência dos recursos financeiros é feita por meio de planejamento do que será recebido e com o que será gasto, devendo ser definido no ano anterior ao do exercício do novo orçamento público.

Para você entender como se dá o processo de definição do orçamento e todos os trâmite legais que o envolvem, é necessário conhecer os princípios orçamentários, o ciclo orçamentário e como ele funciona no Brasil.

Princípios orçamentários

Para que haja um orçamento público, é necessário prever que ele funcione. Mas, como prever se vai atender às demandas? É para isso que existem trâmites, às vezes longos, para a elaboração. São os princípios orçamentários que irão definir como estruturar este instrumento a fim de que possa contribuir para atender às necessidades da população.

Existem dois tipos:

  • Princípio orçamentário clássico;
  • Princípio orçamentário moderno.

O princípio orçamentário clássico foi criado com a conotação jurídica em meados da Idade Média. Já o princípio orçamentário moderno o complementou quando o orçamento público passou a ser utilizado como instrumento de gestão e planejamento.

Princípios orçamentários clássicos

Nestes, estão contidos:

  • Princípio da anualidade: sustentado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, propõem que a vigência de um orçamento seja referente a apenas um exercício financeiro. Assim, o orçamento público de um país em 2017 não pode ser o mesmo de 2018, uma vez que as realidades mudam;
  • Princípio da clareza: qualquer pessoa, por menor que seja a capacidade intelectual, tem o direito de compreender claramente o orçamento público;
  • Princípio do equilíbrio: não pode haver mais despesas do que receitas para manter o equilíbrio das contas públicas;
  • Princípio da exclusividade: não pode haver matéria estranha, mesmo que haja exceções definidas na Lei Orçamentária Anual (LOA).
  • Princípio da legalidade: nem uma vírgula do orçamento público pode ser inconstitucional.
  • Princípio da não-vinculação de receitas: a verba de determinada receita não pode ser destinada exclusivamente ou em partes para determinada despesa.
  • Princípio da publicidade: qualquer contribuinte tem direito de acesso ao orçamento público.
  • Princípio da unidade orçamentária: tudo o que se arrecada e o que se gastar deve estar reunido apenas na lei orçamentária.
  • Princípio da uniformidade: o mesmo critério de representação de dados deve ser mantido em cada peça orçamentária de cada ano, para fins comparativos;
  • Princípio da universalidade: nada de receita ou despesa pode ser omitido. Tudo deve constar na peça.
  • Princípio do orçamento bruto: não pode haver valor líquido das despesas e receitas estimadas no orçamento público.

Princípios orçamentários modernos

Estes princípios compreendem:

  • Princípio da simplificação: a fácil compreensão é fundamental para um orçamento público;
  • Princípio da descentralização: o nível de proximidade deve ser alto entre as ações executadas pelo governo e os cidadãos beneficiados por elas;
  • Princípio da responsabilização: a responsabilidade deve ser assumida de forma personalizada por quem irá executar as ações previstas no orçamento público.

Juntando esses três princípios, chegamos ao orçamento que detalha programas de governo e que levam as características do atual governante, definidos no Plano Plurianual (PPA) de longo prazo. Sobre isso, falaremos mais adiante.

Ciclo orçamentário

O ciclo orçamentário é composto por processos que envolvem elaboração de leis e tramitação para aprovação, a fim que de que resulte na peça orçamentária para determinado exercício.

Lidar com o orçamento público é uma grande responsabilidade e, por isso, deve haver debates para votação. A proposta de todas essas leis deve ser enviada ao Legislativo pelo Poder Executivo para definir os nortes da elaboração do orçamento em longo, médio e curto prazos:

  • Plano Plurianual (PPA): longo prazo. Dura 4 anos (1 mandato).
  • Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO): médio prazo e curto prazo. Orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual em consonância com o PPA.
  • Lei Orçamentária Anual (LOA): curto prazo. Nele, estão inseridos o orçamento de seguro social, investimento de estatais e orçamento fiscal (receitas).

O Poder Executivo deve enviar em prazos determinados cada projeto ao Legislativo para apreciação das comissões, discussão e votação em todas as casas que compõem este poder. Os parlamentares podem alterar questões e aprovar ou reprovar conteúdos que serão enviados de volta ao Executivo que, por sua vez, pode sancionar ou vetar.

Orçamento público no Brasil

O Brasil prevê o orçamento público na Constituição Federal de 1964 que deve ser elaborada anualmente para o exercício de um ano, seguindo os trâmites do ciclo orçamentário exposto acima.

O Brasil adotou o orçamento público como instrumento de planejamento, utilizando-se assim do princípio orçamentário moderno já explicado neste artigo.

No orçamento público brasileiro, as despesas são detalhadas por programas de governo com transparência aos cidadãos. Porém, o Brasil ainda não implementou o orçamento participativo em âmbito federal. Apenas os governos estaduais e municipais realizam audiências públicas para ouvir a população em relação aos setores prioritários.

Por mais que o Brasil seja uma democracia representativa (elegemos quem vai decidir por nós), é fundamental ouvir o povo em relação às áreas da sociedade que mais desejam melhorias para que o retorno dos impostos, taxas e contribuições dos cidadãos tenham resultados melhor mensuráveis.

Validade do concurso UFSC

O prazo de validade do concurso UFSC será de um ano, contado a partir da data da publicação da homologação do seu resultado final no DOU, podendo ser prorrogado por igual período.

Edital

Para demais informações sobre o concurso UFSC consulte o edital publicado no site da UFSC.

Aproveite e compre agora sua apostila UFSC-Universidade Federal de Santa Catarina

VEJA AS APOSTILAS DIGITAIS QUE SERÃO ENVIADAS POR E-MAIL:

  1. Apostila Português
  2. Apostila Redação
  3. Apostila Matemática
  4. Apostila Raciocínio lógico
  5. Apostila Informática
  6. Apostila Exercícios e Testes
  7. Apostila Área da Educação
  8. Apostila Administração
  9. Apostila Complementares
  10. Apostila do Meio Ambiente
  11. Apostila Arquivologia
  12. Apostila Auditoria
  13. Apostila Códigos de Éticas
  14. Apostila Direitos em Geral
  15. Apostila Códigos
  16. Apostila Contabilidade
  17. Apostila Área da Saúde
  18. Apostila Espanhol
  19. Apostila Inglês
  20. Apostila Direção Defensiva
  21. Apostila Geografia do Brasil
  22. Apostila História do Brasil
  23. Técnicas de Estudo
  24. Normas Regulamentadoras
  25. Parâmetros Curriculares Nacionais
  26. Plano Nacional de Educação
  27. Previdência Social
  28. Logística Empresarial
  29. Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica
  30. Declaração Universal dos Direitos Humanos
  31. Declaração da OIT
  32. Declaração Universal dos Direitos Humanos
  33. Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica
  34. Economia
  35. Emendas Constitucionais Revisão
  36. Estatuto Criança, Idoso, Deficiente
  37. Estatística Básica
  38. Farmacologia
  39. Filosofia
  40. Finanças Públicas
  41. Fisioterapia
  42. Medida Provisória Nº 2.166-67 – 2001
  43. Memorização
  44. Microeconomia e Macroeconomia Resumo
  45. Nutrição
  46. Objetivo da Ética
  47. Organização, Sistemas e Métodos
  48. Psicologia
  49. Recursos Humanos
  50. Relações Humanas
  51. Resoluções Conama
  52. Comissão de Ética Pública da Presidência da República
  53. Constituição da República e atualizações
  54. 170 Provas Gabaritadas
  55. 600 Cartas Comerciais, Contratos e Pessoas

 

VOCÊ PODE MONTAR APOSTILAS PARA DIVERSOS CONCURSOS, TAIS COMO:

  1. Assistente Social
  2. Auxiliar Administrativo
  3. Auxiliar de Contabilidade
  4. Auxiliar de Informática
  5. Banco Central do Brasil
  6. Banco do Brasil
  7. Advogado
  8. AFRF – Auditor Federal da Receita.
  9. AFT – Auditor Fiscal do Trabalho.
  10. Agente Comunitário de Saúde.
  11. Agente de Combate a Endemias.
  12. Agente de Saúde
  13. Agente de Trânsito e Transporte
  14. Agente Penitenciário Federal
  15. Área de Educação
  16. Área Médica
  17. Caixa Econômica Federal
  18. Câmaras Municipais
  19. Contabilista
  20. Ministério da Saúde
  21. Ministério da Fazenda
  22. Motorista
  23. MPU– Técnico e Administrativo
  24. MTE – Ministério do Trabalho e Emprego
  25. Odontologia
  26. Correios
  27. Economia Básica
  28. Enfermeiro
  29. Escrevente Judiciário
  30. Exame da Ordem
  31. Advogado trabalha
  32. Licitações fiscais
  33. Fiscal do Trabalho
  34. Guardas Municipais
  35. IBGE
  36. INSS
  37. IPHAN
  38. Oficial de Justiça
  39. Policia Civil
  40. Policia Federal – Agente e Escrivão
  41. Policial militar
  42. TRF – Técnico Judiciário
  43. Tribunal de Justiça
  44. TRT
  45. Policia Rodoviária Federal
  46. Prefeituras Municipais
  47. Receita Federal
  48. Segurança do Trabalho
  49. STF
  50. STJ
  51. SUS – Sistema Único de Saúde
  52. TCU
  53. Técnico em Enfermagem
  54. TJ
  55. TRÊS

e muito mais cargo.

0